Recomendação da Semana: SandLand

“Eu sou malvado! Ontem eu dormi sem escovar os dentes!”

Vocês sabiam que o Toriyama não é considerado um gênio só por Dragon Ball? Sabia que ele tem outros mangás bons pra caramba? Então. Um deles é Sandland.

Sandland Manga (v.1, ch.1, p.0)[Click to view next page or press next or back buttons]

Capa do volume

Depois do final de Dragon Ball, Akira Toriyama escreveu alguns mangás curtinhos, de um volume, na Shonen Jump, o que mostra um pouco do crédito que ele tinha com a revista. Esse foi um dos últimos, em 2000.

Sandland se passa em um futuro distante, em que a guerra causou uma grande destruição no mundo, com o único lugar restante sendo… Sandland. A água é um artigo raro, com o pouco disponível sendo controlado por um rei ganancioso. Um homem pede ajuda para o rei dos demônios (é) para ir em busca de um lago perdido que haveria por lá, e recebe o filho dele e seu assistente como ajuda. Assim, eles partem em uma aventura para encontrar essa fonte de agua a tanto perdida, enfrentando ladrões, dragões, o próprio exército do rei…

É uma premissa simples que dá margem ao Toriyama mostrar toda sua capacidade. Sandland é um mangá simples, com um final até previsível, mas é muito divertido e bem feito.

Eu já falei algumas vezes (mas não aqui, imagino) que adoro o traço/quadrinização do Toriyama. É uma arte bem limpa, com sequencias bem fáceis de entender tudo que está acontecendo, um ótimo uso de quadros, e uma arte que, apesar de um pouco cartunesca, é bastante bonita.

Capa da conrad

A história flui de uma forma muito boa, a forma que os acontecimentos vão se desenrolando é muito boa, é um mangá fácil e agradável de ler, com momentos de ação que também são muito bons. A série também tem muito do humor característico do Toriyama, que apesar de parecer idiota, eu acho bem divertido (Não me faz gargalhar, mas me diverte, me deixa com um sorriso no rosto, e isso é bom), como o quote (nada exato) do começo do texto, do filho demônio tentando falar que é mal pro pai dele… Os personagens, aliás, são bem carismático, o que contribui pro clima do mangá.

Agradável é a palavra certa para esse mangá, na verdade. É uma boa história, com bons personagens,um objetivo em que você torce pros protagonistas, sem ser muito dramático, mas que te deixa feliz em alguns momentos da história. Eu li esse mangá numa livraria, enquanto esperava o horário de ir pro cinema ver um filme. Sinceramente, eu não consigo lembrar dele com detalhes, li há muito tempo, então posso ter ignorado alguns defeitos… mas se depois de tanto tempo, a sensação que eu tenho é que de é um mangá divertido e que vale a pena ler, ou comprar, acho que é um bom sinal. Eu adoro shonens de aventura (não ação, aventura), e isso foi um grande achado.

O mangá foi publicado pela Conrad, em uma qualidade muito boa, porém, com o preço de 14,90. Eu acho que vale a pena, e procuraria comprar. De qualquer jeito, leiam.

Anúncios

Publicado em fevereiro 15, 2012, em Recomendação da Semana e marcado como , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: