Recomendação da semana: Kon no ki Konoha

Hoje farei a recomendação da semana no lugar do Lucas.

Sahara Mizu e one-shot. Duas coisas que combinam, mas ao mesmo tempo não se bicam. A moça, artista de alguns mangás já comentados por aqui (Como Watashitachi no Shiawase na Jikan, Hoshi no Koe e Fuyu no Hana. Este último contando com o roteiro dela também) sempre utiliza uma “fórmula” para os seus mangás de capítulo único, mas eles sempre contam histórias interessantíssimas que, quanto mais perto do final, chegam a um nível extremo de drama.

Como dito no texto sobre Fuyu no Hana, a maioria das one-shots dessa autora são prejudicadas pelas poucas páginas disponíveis para desenvolver o enredo e as personagens. Todos os mangás de um capítulo que li dela sofrem disso, e com Kon no ki konoha não é diferente.

A pequenina Akino está em um passeio pelas montanhas com o seu pai, quando decide dar uma volta sozinha pelo local. Ela acha uma folha azul marinha, e em seguida uma árvore da mesma cor. A garota, surpresa, decide tocá-la. Eis que surge um garoto mais velho em cima da árvore. Seu nome é Konoha, e seus cabelos são da mesma cor da árvore e suas folhas.

Um misterioso senhor questiona Konoha sobre a presença de um humano por ali, antes o garoto havia pedido para Akino se esconder. A pequena garota passa a visitar o misterioso jovem com frequência, mas existe um problema: Konoha aparece apenas durante o outono. O mangá mostra que Akino se apaixonou por Konoha, e que todo ano espera pelo outono para poder revê-lo.

Levemente inferior à Fuyu no Hana e Wasurene no Language, ambos de Sahara Mizu/Yumeka Sumomo, Kon no ki Konoha é mais uma one-shot que mostra o crescimento da protagonista com o tempo. Também utiliza o drama típico da autora, mas com menos precisão. A arte é linda, como sempre.

Apesar de tudo, Kon no ki Konoha é mais uma ótima one-shot da autora. Infelizmente, o pouco espaço para o desenvolvimento do enredo limita a história, e não torna as personagens tão marcantes. Queria eu que Sahara Mizu serializasse um mangá parecido. Enfim, um bom mangá que merece ser lido.

Anúncios

Sobre Daisuke~

Amante de cinema (e de arte e entretenimento de forma geral), adora escrever sobre filmes, livros, mangás, etc.

Publicado em abril 4, 2012, em Recomendação da Semana e marcado como , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Sahara Mizu tem uma arte simplesmente linda. E Watashitachi no Shiawase na Jikan e Hoshi no Koe são ótimos mangás e, agora, Kon no ki Konoha também está na minha lista de “mangás para ler”, hehe.

    Valeu pela recomendação, e muito bom o texto!

    • A arte é realmente sensacional!
      Kon no ki Konoha, Fuyu no Hana e Wasurene no Language são três boas one-shots dela, que só pecam por serem curtas mesmo. Espero que goste!
      Obrigado! Volte sempre!

  2. Quando um one-shot é bom, sempre fica aquele gostinho de “quero ler mais disto”, mas mesmo assim, vale a pena ler. Acho que esse “gostinho” pode até acrescentar no prazer de ler tal obra.

    Vou ler sim, com certeza!

  3. Falando brevemente, faltou desenvolvimento e melhor aproveitamento das [poucas] páginas. Tenho medo de descobrir que essa autora não sabe mexer com ideias originais… Watashitachi e Hoshi no Koe: quero ver algo que pelo menos chegue aos pés deles! xD

    • É isso mesmo. Poxa, eu gosto bastante das premissas das one-shots, mas ela não tem espaço o suficiente para desenvolver as histórias e tal. Tenho curiosidade de ler uma série com roteiro dela, mesmo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: