Série temática do Mangathering #4 – Mangás de horror [4/4 – Daisuke] – Zashiki Onna

Olá, leitores do Mangathering. Estou aqui para finalizar, com chave de latão, a nossa querida série temática, que neste mês abordou alguns mangás de horror e coisas do tipo. Bom, a princípio eu escreveria sobre Ibitsu, de Ryou Haruka, mas de última hora decidi mudar e escrever sobre um mangá bem semelhante a ele, Zashiki Onna.

Zashiki Onna é um mangá de onze capítulos, compilados em um volume, e é de autoria de Mochizuki Minetaro (Autor de Dragon Head) e foi publicado na Young Magazine. A história é simples, e de maneira geral a série também é.

Basicamente, uma mulher chama a atenção de um universitário, Hiroshi Mori, por estar tocando a campainha do vizinho do rapaz, que estuda na mesma faculdade que ele, mas não obtém resposta alguma. É uma mulher alta e bem estranha, Sachiko.

No outro dia a mulher estava lá mais uma vez. Ela pediu a Mori para entrar em sua casa e dar um telefonema, ele deixou. A tal Sachiko deixou sua bolsa na casa do garoto, e no dia seguinte ligou para o mesmo para poder pegá-la.

A partir daí, a estranha figura parece ter parado de tentar entrar em contato com o vizinho, e passa a perseguir Mori. E é quando se inicia uma intensa sessão de stalk, protagonizada por uma personagem que nasceu para fazer isso. Como eu havia dito, Zashiki Onna é bem simples, tanto que é até difícil escrever uma sinopse para a série. Espero que tenha ficado clara.

A maioria dos capítulos tem dezoito ou dezenove páginas, e como deve ser dedutível, o desenvolvimento em meros onze capítulos não é tão expressivo. Desenvolvimento? A verdade é que as personagens, em si, não se desenvolvem. Não temos espaço para dramas individuais, histórias de vida ou amadurecimento repentino, como é esperado, não só em mangás do gênero, como também em séries curtas. Aliás, qualquer outra personagem, como o amigo que supostamente ajuda o protagonista, e Rumi, a garota por quem Mori é apaixonado, pode ser até dispensada. O rapaz é o amigo bucha que quer ajudar Mori a escapar da misteriosa mulher, e a jovem é a donzela indefesa inútil do mangá.

As personagens não precisam de um desenvolvimento tão grande, mas a história em si não ajuda muito, pois Zashiki Onna consiste, basicamente, no protagonista fugindo da misteriosa mulher. É só isso. O mangá também tem seus clichês, e nem sempre eles são bem utilizados. Muitos acontecimentos da trama são mostrados de maneira corrida, e o primeiro capítulo do mangá, mesmo sendo maior, consegue exemplificar bem isso. Alguns acontecimentos também são mal explorados.

Não, caro leitor, eu não fui procurar este mangá na lata de lixo. Se ele não tivesse algo de atrativo, não estaria na série temática, né? Ele tem uma característica que compensa vários de seus fatores negativos: Zashiki Onna prende o leitor. É impossível não ficar curioso para saber o que vai acontecer na série (Embora, em alguns casos, isso seja previsível), e isso faz com que a leitura raramente tenha pausas, isto é, que seja rápida e agradável.

Outro aspecto questionável da obra é sua arte: Ela combina bastante com a ambientação e o clima que a história quer passar, mas não é de grande competência técnica. As expressões dos personagens nem sempre são bem-feitas, e em alguns momentos chegam a ser engraçadas, talvez essa seja até a intenção do autor, mas nem sempre é feito de maneira agradável. A única personagem que realmente merece destaque se tratando de arte é Sachiko, que tem uma aparência bizarra e assustadora.

Leitores sensíveis não precisam se preocupar, Zashiki Onna passa longe de ser um mangá violento, já que foca mais no terror psicológico. Apesar de tantas críticas à série, eu gosto bastante dela! Ela tem seus defeitos, mas é uma leitura interessante, e que não vai te tirar muito tempo, e o final pode gerar algumas interpretações Recomendo que leiam e tirem suas próprias conclusões.

Anúncios

Sobre Daisuke~

Amante de cinema (e de arte e entretenimento de forma geral), adora escrever sobre filmes, livros, mangás, etc.

Publicado em maio 25, 2012, em Série Temática e marcado como , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: