Recomendação da Semana: Ultramaniac

Raro aqui no Mangathering, mas temos a recomendação de um mangá shoujo!

Ultramaniac é um mangá de 5 volumes, escrito e desenhado por Wataru Yoshizumi (Autora de Marmalade Boy, Spicy Pink e alguns outros mangás shoujos/joseis). Foi publicado na revista Ribon, a mesma de Full Moon Wo Sagashite e foi concluído aqui no Brasil pela Panini.

A história é bem simples. Nina Sakura é uma estudante do Reino Mágico, que, por ser bem desastrada e não parecer ter grandes habilidades para a magia, é transferida para estudar numa escola da Terra. Lá, ela faz amizade com Ayu Tateishi, uma das garotas mais populares da escola.

O básico é esse, enquanto vamos vendo a história se desenvolvendo, com a relações entre os personagens, algumas informações sobre o mundo mágico, e algumas magias desastradas da Nina. Não existem muitos conflitos, ou algum drama exagerado. É um enredo simples, mas que não falha em fazer uma história divertida.

O lado de fantasia dá um algo a mais na série, diferenciando-a um pouco de um shoujo escolar padrão, mas também não se torna o grande foco. Soa mais como um detalhe, e funciona bem assim, além de render boas ideias para a criação de algumas cenas ou capítulos.

O elenco de personagens também é bom. Embora nenhum dos personagens sejam exatamente profundos, todos os principais conseguem ser bastante carismáticos. A amizade do grupo também é bem retratada, não parecendo forçada.

Aliás, isso pode definir a série bem. Embora nada profunda, o mangá não soa besta ou algo assim, mas sim como uma história agradável e até relaxante. É um mangá fácil de ler, que não se estende além do necessário, não tenta ir além do que consegue, e por toda sua duração, cria um ambiente divertido, e que não apela pra vários clichês shoujos. Sim, claro que os possui, mas não em demasia.

Os volumes finais são o único momento que a obra fica um pouco mais séria, mas não falha nisso também, embora possa parecer algo exageradamente dramático (em comparação com o resto da obra).

É um shoujo bobinho, mas que não falha em ser uma boa diversão para quem arriscar lê-lo. Eu reli esses dias e continua sendo uma leitura tão agradável quanto foi da primeira vez.

Anúncios

Publicado em janeiro 24, 2013, em Recomendação da Semana e marcado como , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. Sinto que o Shoujo recebe um certo preconceito pelos otakus de plantão. Acho que isso mudou um pouco recentemente com a exibição de Tonari no Kaibutsu-kun onde, pelo menos foi o que vi, muitos e muitos otakus estavam acompanhando e retornando um feedback positivo à respeito desta obra.

    Neste sentido, creio que a indicação é bastante válida uma vez que a obra é curta e, desta forma, torna-se uma ótima oportunidade de leitura para pessoas que têm receio deste estilo de mangá.

    Muito bom!!

    • É, acho que consigo concordar. Mas não acho que Tonari mudou isso, pois de tempos em tempos aparecem shoujos que chamam a atenção (Nana, Honey to Clover [tá, tá, é josei], etc)

      Mas até mesmo eu desenvolvi um preconceito contra shoujos com o passar do tempo. Não sei porque, mas as obras não me parecem interessantes. Embora na maior parte das vezes eu não me decepcione se resolvo de fato ler… vá entender.

      Mas não acho que Ultramaniac seria adequado pra quebrar um possível preconceito… ainda é uma obra muito próxima ao “padrão shoujo”, apesar de boa. Para quebrar o preconceito, acho que uma ótima alternativa seria Vitamin, que é um mangá menos convencional e muito bom. Eu também já o recomendei aqui: https://mangathering.wordpress.com/?s=Vitamin

      Obrigado pelo comentário! 😀

      • Acho que me expressei mal. Tonari não anulou o preconceito, mas ajudou a muitos olharem o Shoujo um pouco mais, digamos, receptivos.

        Li sua indicação sobre o Vitamin. Confesso que fiquei com água na boca! A estória parece ser bastante interessante! Já estou colocando ele na lista dos Mangás à serem lidos. ^^

        E, finalmente, sou eu quem agradece pela resposta! É horrível você compartilhar de suas opinião e ficar no vácuo! O blog ganhou um ponto a mais comigo. Rsrs.

      • Ah sim, isso de fato.
        Que bom que a recomendação teve sucesso, XD. Leia, é uma boa história. E eu sempre tento responder os (raros) comentários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: