Arquivos do Blog

#Mangathering1ANO Review: A Serpente Vermelha, de Hideshi Hino

redsnake2Hoje é aniversário do Mangathering e o blog terá posts de TODOS os membros, além de diversas novidades, como a página de equipe (bonitona, deem uma olhada!) e outras coisas. Esperamos que gostem.

Esperamos, também, que vocês já tenham se acostumado à minha fixação por obras bizarras e coisas do tipo. Pois bem, se não se acostumaram, nem leiam este post. Lembram de quando eu disse que Panorama do Inferno era a coisa mais bizarra que eu já havia lido, em seu próprio post? Bom, eu ainda não tinha lido A Serpente Vermelha (The Red Snake, Akai hebi, etc), também de Hideshi Hino, lançada no Brasil pela Zarabatana Books (é, isso mesmo).

Leia o resto deste post

Recomendação da semana: Over Bleed

Primeiramente, peço desculpas pela falta de recomendações semanais ultimamente; nós estamos em trimestre –porque chamar de “semana de provas” é bondade demais quando a mesma se estende por quase um mês- de provas. Mas a seção volta com chave-de-ouro, com o redator favorito docês, eu, euzinho, eu mesmo…!

overbleed

E, para isso, nada melhor do que trazer um bom mangá, né? Cá estou eu com Over Bleed (ou Gekiryuuchi), publicado na Young Gangan (Ubel Blatt, Arakawa Under the Bridge, Ibitsu (<3)) e de autoria duma dupla de coreanos (argh) muito sapeca.

Leia o resto deste post

Review: The Music of Marie

Ah, são tantas coisas… por onde começar? Bom, começarei dizendo que o mangá comentado neste post é o meu novo mangá favorito, e provavelmente o melhor que eu já li. Este é The Music of Marie, de Usamaru Furuya (Litchi Hikari Club, Jisatsu Circle), publicado em 2000 na Comic Birz. Seja bem-vindo a um mundo encantador, do qual a sua mente jamais sairá.

Leia o resto deste post

Especial de Halloween – Review: Litchi Hikari Club

Surpresa! Eram para ser apenas dois posts especiais de Halloween, mas legal como sou –ou não-, decidi fazer um terceiro, sobre um mangá que eu até citei no recém-postado texto sobre Suehiro Maruo. Este é Litchi Hikari Club! Nesse post falarei apenas de LHC, pois ainda não li o tal Bokura no Hikari Club. Mas enfim: o mangá é de autoria de Usamaru Furuya (Jisatsu Circle, Genkaku Picasso, The Music of Marie, etc) e foi publicado na Manga Erotics F; tem apenas um volume, que abrange seus nove capítulos. Leia o resto deste post

Especial de Halloween- Review: Panorama do Inferno


Olá! Hoje, dia 31 de Outubro, é Halloween! E para celebrar esta data, decidi preparar dois posts temáticos sobre obras mais obscuras, e ambos serão postados hoje. No primeiro post de hoje, apresento-lhes Panorama do Inferno (Panorama of Hell), de Hideshi Hino.

Aqui no ocidente, o nome de Hideshi Hino não é tão forte dentre os autores de horror, pelo menos não tanto quanto o nosso querido Junji Ito. Porém, sempre ouvi falar do autor, e sempre mantive certa curiosidade acerca de suas obras. Então, encontrei um mangá dele, que foi lançado em terras tupiniquins pela Conrad. Ah, Conrad… Leia o resto deste post

Recomendação da semana: Prison School

Primeiramente, quero me desculpar por não ter postado este texto ontem; passei boa parte do dia sem internet.

Não sou muito apegado ao ecchi, pois acho que muitas vezes algumas obras acabam não sabendo utilizá-lo de maneira certa, e perdendo-se em meio às próprias histórias. Porém, o mangá que eu recomendarei hoje é ligeiramente diferente. Ele é Prison School, de Hiramoto Akira, em publicação na Young Magazine. Leia o resto deste post

Recomendação da Semana/Review: Kokuhaku (Confession)

“It’s his fault… for listening!”

Aqui estou eu, para mais uma recomendação.

Esse é um mangá que li esses dias que me impressionou muito. Obra de dois mangakas muito renomados (A história ficou a cargo de Nobuyuki Fukumoto, autor de Kaiji, e a arte foi obra de Kaiji Kawaguchi, autor de Zipang), esse mangá tem apenas um volume, publicado em 1999, na revista Uppers (que publicou Basilisk).

Leia o resto deste post