Arquivos do Blog

Review: BECK

beck1

Hoje é dia de uma review que, bom… eu estou enrolando há três séculos para fazer. Com vocês, um dos meus mangás favoritos: Beck!

Leia o resto deste post

Anúncios

#Mangathering1ano TOP 5 – Mangás Shounen

top5

Ok, eu estou plagiando o Daisuke, mas tudo bem…. né? NÉ?!

Então, se nós temos algum leitor fixo (tenho minhas dúvidas), ele deve ter percebido que eu (Luki) tenho estado meio ausente do blog esses dias (ou meses). Foram meses complicados, provas, etc, mas o que importa é que aqui estou, para um novo post. E que hora melhor pra voltar do que a comemoração de um ano do blog?! Eu sinceramente não imaginava que ainda estaríamos aqui, firmes e fortes. Mas bem, estamos.

E bom, eu queria fazer algo ligeiramente diferente para esse post, não só mais uma review… E a solução que eu cheguei foi fazer algo diferente do padrão do blog, mas repetido (?)! O Daisuke, um pouco mais cedo esse ano, fez seu top5 de mangás shonens, e assim sendo, eu decidi fazer o meu. Eu gosto de fazer TOP5s, são fáceis de escrever   pois assim eu ganho a chance de comentar mais de uma obra ao mesmo tempo, e não anulando a possibilidade de uma review futura.

Então, sem mais delongas, vamos ao top! Cliquem em continuar lendo para descobrir meus 5 mangás shonens favoritos (embora seja meio óbvio)

(PS: Em tops, eu não costumo comentar os defeitos da obra, visto que meu objetivo é mostrar porque ela está em minhas favoritas, não analisá-la a fundo)

Leia o resto deste post

Primeiras impressões: Ixion Saga DT

Olá, queridos leitores!

Há quanto tempo! Vocês devem ter reparado (ou não) na falta de posts do blog na semana passada, e bom, eu devo pedir desculpas por isso. Sabem como é a vida de um estudante; muito estudo, muitas festas, muitas namoradas… E qualquer um que jogue, ou tenha um amigo que gosta de algum MMORPG (como eu), sabe que essas coisas são extremamente distantes de sua realidade. As várias horas gastas em frente ao computador chamando os outros jogadores de noobs e cheaters, upando seus monstrengos estranhos e exalando o cheiro da virgindade impedem que os mundos se cruzem.

E qualquer um que se coloque a ler algumas sinopses de obras lançadas a cada nova temporada de animes, deve ter percebido a gama de séries que tem como temática, justamente, os jogos online. Na maioria são sobre jovens que adentram o mundo virtual de seu jogo favorito, e vivem grandes aventuras num clima de muita curtição. E este anime, Ixion Saga DT, não é diferente; apesar de também ser. É diferente e é parecido. Na verdade, é complicado! Leia o resto deste post

Série Temática do Mangathering #6 – Mangás de Música [2/4 – Luki – Bremen]

Pois é, o Mangathering está sofrendo com regularidade. A vida anda muito corrida para os três membros, mas vamos tentar voltar a frequência de antes. Mas tem post hoje!

A série temática foi prejudicada, e não sabemos direito ainda como vamos fazer, mas por enquanto, fiquem com ao menos um dos posts planejados dela, mesmo que atrasado.

Leia o resto deste post

Recomendação da Semana/Primeiras Impressões: Haikyuu

Então, aqui estamos nós. Desculpe por não ter conseguido fazer o post na semana passada, houveram alguns problemas… Mas vamos ao que interessa.

Haikyuu é um mangá de Furudate Haruichi, o mesmo autor que fez Kiben Gakuha – Yotsuya-senpai no Kaidan, mangá de mistério/terror cancelado na Jump no ano de 2010, com dois volumes. Aí em 2012 o autor resolveu voltar, e com algo diferente. Um mangá de vôlei.

A série conta a história de Hinata, um garoto (Aliás, um detalhe: Ele é baixinho) apaixonado por vôlei, mas que estuda em uma escola que não tem um clube de vôlei, então até o ultimo ano ele não conseguiu jogar por falta de membros. No último ano ele conseguiu, graças a alguns primeiro-anistas, disputar uma partida oficial. Nessa partida, ele enfrenta Kageyama Tobio, conhecido como “O Rei da Quadra”. Por ter um time totalmente amador à exceção dele, eles são massacrados. Isso faz Hinata querer um dia, uma revanche contra Kageyama, para um dia ganhar dele. Porém, ao entrar no colegial, ele descobre que ambos foram para a mesma escola!

E é a partir daí que a história se desenvolve, focando na relação dos dois. (Rivalidade, depois uma rivalidade mais amigável, o fato de os dois se completarem em quadra…)

A série só tem 16 capítulos traduzidos até agora, mas ela já paree promissora, indo muito bem nas ToCs, e vendendo de forma razoável seu volume 1, o que dá esperanças de que ela não vai ser cancelada logo.

O mangá não começou muito forte, para mim, com um arco meio chato logo no começo, mas logo após, ela vem evoluindo a cada capítulo, sendo uma série bem empolgante. Os jogos ainda não foram muito explorados, podem ser melhorados, mas eles estão conseguindo dar empolgação ao leitor.

O traço do autor originalmente não parecia ser muito adequado a um mangá de vôlei, mas o mangá logo desmentiu isso. Um dos grandes destaques do mangá é a qualidade de suas páginas duplas, que ficam todas muito boas.

A relação entre os dois protagonistas também está sendo bem desenvolvida, assim como a de todo o resto do time. O mangá está parecendo que vai ter um ótimo desenvolvimento, e o que nos foi mostrado já é de qualidade.

Eu recomendo lerem.

#JumpWeekend Review: Sket Dance

“Não precisa de motivo pra ajudar um amigo em apuros! Eu disse que faria, então vou fazer! Eu… nunca trairia um amigo. Não importa se alguém já te traiu alguma vez, eu não sou assim!”

O Jump Weekend é um projeto de blogagem coletiva, com vários blogs postando sobre mangás/mangakas/ qualquer coisa relacionada a famosa revista Shonen Jump. O Mangathering também está dentro dessa. Então, nesse post, falarei de um dos meus mangás favoritos da Shonen Jump, Sket Dance (oh, really?).

A série não teve tanta sorte assim no começo de sua vida, no ano de 2007. Durante um bom tempo, ela ficou lutando contra o cancelamento, e causando aflição nos (na época poucos) leitores de que a série acabaria de forma prematura. Mas em uma rara amostra de justiça nesse mundo dos mangás, Sket começou a ganhar popularidade, e atualmente se mantém muito bem na revista, obrigado. Com direito até a um anime lançado em 2011, que já passa dos 60 episódios. Mais que merecido para essa ótima série de (na maior parte do tempo) comédia.

Leia o resto deste post

Série temática do Mangathering #5 – Mangás cancelados [3/4 – Daisuke – Lock On!]

Segundo texto (Ignorando o post de apresentação) da série temática de Junho. Cá estou eu.

Hoje falarei de Lock On!, mangá que foi publicado e, obviamente, cancelado na Shonen Jump em 2010, e é assinado por Tsuchida Kenta, que não tem outra contribuição para o mundo dos mangás. Leia o resto deste post