Arquivos do Blog

#Mangathering1ano TOP 5 – Mangás Shounen

top5

Ok, eu estou plagiando o Daisuke, mas tudo bem…. né? NÉ?!

Então, se nós temos algum leitor fixo (tenho minhas dúvidas), ele deve ter percebido que eu (Luki) tenho estado meio ausente do blog esses dias (ou meses). Foram meses complicados, provas, etc, mas o que importa é que aqui estou, para um novo post. E que hora melhor pra voltar do que a comemoração de um ano do blog?! Eu sinceramente não imaginava que ainda estaríamos aqui, firmes e fortes. Mas bem, estamos.

E bom, eu queria fazer algo ligeiramente diferente para esse post, não só mais uma review… E a solução que eu cheguei foi fazer algo diferente do padrão do blog, mas repetido (?)! O Daisuke, um pouco mais cedo esse ano, fez seu top5 de mangás shonens, e assim sendo, eu decidi fazer o meu. Eu gosto de fazer TOP5s, são fáceis de escrever   pois assim eu ganho a chance de comentar mais de uma obra ao mesmo tempo, e não anulando a possibilidade de uma review futura.

Então, sem mais delongas, vamos ao top! Cliquem em continuar lendo para descobrir meus 5 mangás shonens favoritos (embora seja meio óbvio)

(PS: Em tops, eu não costumo comentar os defeitos da obra, visto que meu objetivo é mostrar porque ela está em minhas favoritas, não analisá-la a fundo)

Leia o resto deste post

#JumpWeekend Review: Sket Dance

“Não precisa de motivo pra ajudar um amigo em apuros! Eu disse que faria, então vou fazer! Eu… nunca trairia um amigo. Não importa se alguém já te traiu alguma vez, eu não sou assim!”

O Jump Weekend é um projeto de blogagem coletiva, com vários blogs postando sobre mangás/mangakas/ qualquer coisa relacionada a famosa revista Shonen Jump. O Mangathering também está dentro dessa. Então, nesse post, falarei de um dos meus mangás favoritos da Shonen Jump, Sket Dance (oh, really?).

A série não teve tanta sorte assim no começo de sua vida, no ano de 2007. Durante um bom tempo, ela ficou lutando contra o cancelamento, e causando aflição nos (na época poucos) leitores de que a série acabaria de forma prematura. Mas em uma rara amostra de justiça nesse mundo dos mangás, Sket começou a ganhar popularidade, e atualmente se mantém muito bem na revista, obrigado. Com direito até a um anime lançado em 2011, que já passa dos 60 episódios. Mais que merecido para essa ótima série de (na maior parte do tempo) comédia.

Leia o resto deste post