Arquivos do Blog

Recomendação da semana: Momonchi

1
Podem falar a verdade, vocês sentiram falta dessas minhas palavras infelizmente nem tão virtuosas em meio a nomes asiáticos estranhos, não? Pois é, post novo, e é sobre um mangá. Venham cá pro tio Daisuke!

Leia o resto deste post

Anúncios

Review: BECK

beck1

Hoje é dia de uma review que, bom… eu estou enrolando há três séculos para fazer. Com vocês, um dos meus mangás favoritos: Beck!

Leia o resto deste post

Recomendação da Semana: Cross Game

Eu estou meio que forçando um pouco ao recomendar um mangá de 17 volumes na recomendação da semana, mas vamos lá.

Leia o resto deste post

Recomendação da Semana: Hatsukoi Limited

A obra-prima da Kawashita.

Um mangá de romance curto, sem enrolações, com personagens carismáticos tanto do lado masculino quanto do feminino, e com um quê de originalidade bem agradável. Parece bom, não?

Leia o resto deste post

Série temática do Mangathering #5 – Mangás cancelados [3/4 – Daisuke – Lock On!]

Segundo texto (Ignorando o post de apresentação) da série temática de Junho. Cá estou eu.

Hoje falarei de Lock On!, mangá que foi publicado e, obviamente, cancelado na Shonen Jump em 2010, e é assinado por Tsuchida Kenta, que não tem outra contribuição para o mundo dos mangás. Leia o resto deste post

Review: Solanin

Inio Asano foi um mangaká que me impressionou muito, recentemente. Mesmo só tendo lido duas obras dele (Essa que será comentada e a masterpiece Oyasumi Punpun), o pouco que tive contato com o trabalho dele me agradou imensamente. Das obras dele, Solanin, a obra da qual o post se trata, é a mais conhecida aqui no ocidente, inclusive o mangá tendo sido lançado pela LP&M aqui no Brasil ano passado. O mangá, que tem dois volumes, foi publicado durante 2005 e 2006 pela extinta revista Weekly Young Sunday, foi muito bem recebido, ganhando desde prêmios importantes, como o Eisner Award de 2009, quanto ganhando excelentes críticas de todos que leram.

Leia o resto deste post

Recomendação da semana: Yotsuba&!

Yotsuba&! (Yotsuba, Yotsubato, tanto faz), é um mangá de Kiyohiko Azuma, autor de Azumanga Daioh, que é publicado desde 2003 na Dengeki Daioh mensal.

Confesso que não sou grande fã da série, e li cerca de vinte e cinco capítulos, mas a acho bem divertida, e uma ótima recomendação. Talvez este mangá seja mesmo overrated, não considero a obra tão boa quanto suas colocações em sites como o MyAnimeList mostram, mas sem duvidas é um bom mangá.

A história é, basicamente, sobre uma garota de cinco ou seis anos, Yotsuba, que junto ao seu pai se muda pra outra cidade. Além desses dois, outros personagens têm importância na série, como Jumbo, o “grande” amigo do pai de Yotsuba, e as vizinhas da pequena garota, da família Ayase.

Realmente não tenho muito a falar da história, afinal, Yotsuba&! é um típico slice of life, e nos mostra, de maneira episódica, as aventuras da garota nesse enorme e desconhecido mundo. Ah, como é bom ser criança.

A visão inocente de Yotsuba quanto ao mundo é um fator a se destacar no mangá, que também tem ótimos momentos de comédia envolvendo outras personagens. A protagonista é extremamente carismática e envolvente, e o resto do elenco também não faz feio.

Apesar de a série contar a história de modo episódico, as aventuras vividas por Yotsuba são realmente divertidas e agradáveis. Essa maneira é perfeita para obras que seguem características slice of life.

O traço do autor também combina perfeitamente com a história. Além dos personagens terem um visual agradável, os cenários também são ótimos e nos mostram bem o ambiente onde se passa o mangá.

Yotsuba&! não tem teorias conspiratórias, crimes misteriosos e nem um enredo confuso metido a inteligente. É um mangá simples, e muito divertido. Recomendado pra quem procura uma série mais leve e agradável.